Prevention and Care of Common Kidney Diseases at Single ClickA incidência de doenças renais tem aumentado rapidamente. Venha fazer parte dos que assumiram a missão de prevenir e cuidar dos problemas renais.

« Table of Contents

Capítulo 5: Principais Doenças Renais

Capitulo 5

Principais Doenças Rins

As doenças dos rins consistem de dois grupos:

  • Doenças tratáveis pela medicina: A doença renal, as infecções do trato urinário e a síndrome nefrótica são tratadas com medicamentos por nefrologistas. Doentes em estado adiantado da doença renal necessitam de diálise ou de transplante renal.
  • Doenças que levam a cirurgias: Os urologistas tratam de doenças como pedras nos rins, problemas da próstata e cancer do trato urinário por via de cirurgia, endoscopia e litotripsia.
  • Qual a diferença entre tratamento urológico e nefrológico? Os nefrologistas são clínicos e os urologistas são cirurgiões especializados em doenças renais.


Principais Doenças Renais
Medicina Cirurgia

Insuficiência renal aguda

Doença renal crônica

Infecção do trato urinário

Síndrome nefrótica

Pedras nos rins

Problemas da próstata

Anomalias urinárias congênitas

Câncer

Insuficiência Renal

A redução na capacidade dos rins em filtrar e eliminar os produtos finais do metabolismo e manter equilibrio dos eletrólitos chama- se insuficiência renal.

A insuficiência renal aguda é a rápida perda da função renal.
O problema pode melhorar com tratamento de curto prazo.
Cap. 5. Principais doenças Rins 21.

O aumento no valor de ureia e creatinina no sangue indica insuficiência renal.

A insuficiência renal pode ser aguda ou crônica.

Insuficiência Renal Aguda

A repentina redução ou perda em funções renais chama-se insuficiência renal aguda ou injúria renal aguda. O volume de urina diminui na maioria dos doentes com o problema, que tem como principais causas diarreia, vômitos, malária, hipotensão, septicemia, certos medicamentos inibidores da enzima de conversão (IECAs) e anti-inflamatórios não hormonais (AINEs) etc. Com tratamento médico adequado (vezes com diálise) as funções retornam ao normal na maioria dos casos.

Doença Renal Cronica

A perda das funções dos rins gradual, progressiva e irreversível durante vários meses e anos é conhecida como doença renal crônica (DRC) As funções renais se reduzem até o rim parar de funcionar completamente. A doença avançada, com risco de vida, é conhecida como doença renal crônica avançada.

A doença renal crônica é silenciosa e pode não ser percebida. Nos primeiros estágios, são poucos os sintomas, podendo-se citar fraqueza, perda de apetite, náusea, inchaço, pressão alta etc. Mas suas principais causas são diabetes e hipertensão.

A presenca de proteína na urina, o alto nível de creatinina no sangue e os rins contraídos durante a ultrassonografia são importantes indicativos de doença renal crônica. O índice de creatinina reflete

A perda gradual, progressiva e irreversível das funções
renais é conhecida como doença renal crônica.
22. Previna-se Salve Seus Rins

a gravidade da doença: O índice aumenta com a sua gravidade.

Nos primeiros estágios da DRC, o doente necessita de medicamentos adequados e modificações na dieta. Nao existe tratamento que possa curar esta doença. O tratamento visa a diminuir a progressão da doença e evitar complicações e, desta maneira, ajudar o doente a viver melhor e por muito tempo, apesar da gravidade da doença.

Quando a doença chega a um estágio avançado - os rins perdem cerca de 90% das suas funções (a creatinina está geralmente > que 8-10 mg/dl) Nesse caso, as únicas opções de tratamento são a hemodiálise e a diálise peritoneal, além do transplante renal.

A diálise é um processo de filtragem e remoção dos produtos finais do metabolismo e do excesso de fluidos do corpo, ali acumulados quando os rins param de funcionar. A diálise não é cura para a doença renal crônica. No estágio da doença, o paciente necessita de diálises regulares durante toda a vida (a não ser que o transplante do rim tenhaxito).

A hemodiálise (HD) é o processo mais utilizado de diálise. Com a ajuda de uma máquina especial, produtos finais do metabolismo, fluidos em excesso e sal são removidos. Outro processo é a diálise peritoneal ambulatória contínua (CAPD), feita em casa ou no lugar de trabalho sem auxílio de máquina.

O transplante renal é melhor opção para o tratamento durante o estágio final da doença dos rins (estágio adiantado da doença renal crônica).

E a Énica chance de cura.

A diálise é um metodo artificial para remover produtos finais do metabolismo e fluidos em excesso do sangue quando os rins não estão funcionando devidamente.
Cap. 5. Principais doenças Rins 23.

Infecção do Trato Urinario

Ardência e micção frequente, dor na parte inferior do abdomen acompanhada de febre são indicativos comuns da infecção do trato urinário (ITU). No exame de urina, a presença de células com pus indica infecção do trato urinário.

A maioria de doentes com o problema reage positivamente terapia com antibióticos. A infecção do trato urinário em crianças merece cuidados especiais. A demora do tratamento adequado pode acarretar danos irreversíveis a rins em crescimento.

Em doentes com casos de ITU periódicas, é importante excluir obstrução do trato urinário, pedras nos rins, anormalidade do trato urinário, e tuberculose genitourinária fazendo-se a devida investigação. A causa mais importante da presenca infecção urinária periódica em crianças é o refluxo vesicureteral (RVU), uma anormalidade congênita em que a urina passa em inverso da bexiga em um ou ambos os ureteres e em seguida vai para os rins.

Sindrome Nefrótica

Essa doença renal é mais comum em crianças. Há frequentes inchaços (edema). A presenca da proteína na urina (mais do que 3.5 gramas/dia), o nível baixo de albumina no sangue (hipoalbuminemia), o nível de colestorol alto, a pressão arterial normal e funções dos rins normais são aspectos usuais desta doença A doença reage favoralmente ao tratamento. Os doentes ficam livres após suspender o tratamento, mas, na maioria dos casos, a doença volta. Desta maneira, o ciclo de resposta ao tratamento, periodo de tratamento em remissão e frequentes recaídas causam inchaços; estas são características da síndrome nefrótica.

A demora no tratamento adequado da infecção do trato urinário
pode causar dano irreversivel ao rim em crescimento.
24. Previna-se Salve Seus Rins

Como o ciclo de recuperação e repetição dura por longos períodos (anos), esta doença causa preocupa ão criança e família. Mas é importante lembrar que o efeito de longa duração é benéfico para as crianças com a síndrome. Vivem normalmente, com a função renal normal.

Pedras nos Rins

E um problema comum e importante. Rim, ureter e bexiga são lugares onde surgem pedras. Os sintomas são: dor aguda, náuseas, vômitos, sangue na urina etc. Mas há pessoas que nada sentem. Para fins de diagnóstico, o Raio-X do abdômen e a ultrassonografia são as investigações mais importantes.

A maioria das pedras pequenas, após muita ingetsão de líquido, passa normalmente pela urina. Se causarem dor intensa, infecção recorrente e obstrução do trato urinário ou dano ao rim, devem ser removidas. A maneira ideal de remover a pedra depende de seu tamanho, posição e consistência da pedra.

Os métodos mais comuns são litotripsia, endoscopia (PCNL, citoscopia, uteroscopia) e cirurgia invasiva.

O risco de recorrência de pedras nos rins é de 50 a 80%. E importante ingerir muito líquido, fazer dieta e fazer check- ups periódicos.

Hipertrofia Benigna de Próstata

A glandula prostática só existe nos homens, situada sob a bexiga e circurla a parte inicial da uretra. Ela aumenta após a idade de 50 anos, comprimindo a uretra e causando problemas na micção de idosos.

Os sintomas principais de h ipertrofia benigna da próstata (HBP)

Pedras nos rins podem ser assintomáticas por anos.
Cap. 5. Principais doenças Rins 25.

são micção frequente (especialmente de noite) pingando no fim da micção. Faz-se o dianóstico pelo exame retal retodigital e por ultrassonografia.

Em geral, doentes com sintomas brandos e moderados podem ser efetivamente tratados durante longo tempo com medicamentos. No caso de sintomas graves e próstata aumentada, esta é removida por endoscopia.




















A pressão alta é a causa mais frequente de
problemas urinários nos homems adultos.
wikipedia
Indian Society of Nephrology
nkf
kidneyindia
magyar nephrological tarsasag