Prevention and Care of Common Kidney Diseases at Single ClickA incidência de doenças renais tem aumentado rapidamente. Venha fazer parte dos que assumiram a missão de prevenir e cuidar dos problemas renais.

« Table of Contents

Capítulo 12: Tratamento da Doença Renal Crônica

Topics
  • Tratamento da Doença Renal Crônica

Capítulo 12

Tratamento da Doença Renal Crônica

As três opções para o tratamento de doença renal crônica são administração de medicamentos, diálise e transplante.

  • Inicialmente, todos os pacientes são tratados com providências ambulatoriais (remédios, dieta e controle).
  • No caso de gravidade da doença (fase avançada da doença renal crônica), haverá necessidade de substuição da função renal, por meio de diálise ou transplante)

Tratamento por Medicamentos

Por que a administração de medicamentos tem importância na doença renal crônica?

Não existe cura para a doença renal crônica; na fase avançada, o paciente depende de diálise ou transplante. Devido aos altos custos e a problemas de disponibilidade, na Índia, somente 5-10% dos pacientes renais conseguem tratamento com diálise ou transplante renal; os demais morrem sem terapia adequada. Assim, a descoberta precoce e o tratamento meticuloso e conservador são o únicio tratamento viàvel e menos dispendioso para tratar a doença renal crônica e retardar a necessidade de diálise ou transplante.

Por que pacientes com doença renal crônica não fazem o tratamento com medicamentos?

Resultados positivos podem ser obtidos com terapia inciada na fase precoce. A maioria dos pacientes é assintomática ou se sente muito bem com terapia adequada na fase precoce da doença. Devido à ausência de sintomas, a maioria dos pacientes e suas familias não chegam a entender a gravidade da doença e param de tomar

O paciente com DRC pode viver por muito tempo
com tratamento medicamentoso adequado.
Cap. 12 Tratamento da Doença Renal Crônica 55.

medicamentos e também de fazer a dieta, o que pode piorar a doença. Isso pode levar à rápida piora da falência renal; em curto prazo estes pacientes podem precisar de um tratamento dispendioso, como diálise ou transplante.

Qual o objetivo do tratamento com medicamentos em caso de doença renal crônica?

A doença renal crônica é uma doença progressiva e sem cura. Os objetivos de tratamento por medicamentos são:

  1. Retardar a progressão da doença.
  2. Tratar as causas adjacentes e fatores agravantes.
  3. Aliviar os sintomas e tratar as complicações da doença.
  4. Reduzir o risco de desenvolvimento de doença cardiovascular.
  5. Retardar a necessidade de diálise ou transplante.

Quais são as estratégias de tratamento em diferentes fases da doença renal crônica?

A estratégia de tratamento e as ações nas diferentes fases da doença renal crônica são resumidas a seguir.

A doença renal crônica não e curável , mas o
tratamento precoce pode dar resultados positivos.
56. Previna-se Salve Seus Rins
Fase Tratamento Recomendado
Todas as fases Consultas regulares e exames Mudança de estilo de vida e providências gerais
1
  • Diagnóstico/tratamento para retardar aprogressão da doença Educar o paciente para seguir o tratamento Tratar condições mórbidas e reduzir o risco de doença cardiovascular
2
  • Avaliar a progressão, tratar as condições mórbidas
3
  • Avaliar/tratar complicações; consultar o nefrologista
4
  • Educar os pacientes informando a respeito de opções de substituição. Preparar para terapia de substituição do rim
5
  • Substituição do rim por diálise ou transplante

Nove Como planejar o tratamento médico para os pacientes com doença renal crônica.

1 A etiologia primária

Identificar e tratar condições adjacentes abaixo mencionadas. Este tratamento pode retardar, impedir, ou reverter a progressão da doença renal crônica.

Diabetes melitus e hipertensão.

  • Infecção ou obstrução do trato urinário.
  • Glomerulonefrite, doença renovascular, nefropatia analgésica,etc.

2. Estratégias para retardar a progressão da doença renal

Na doença renal crônica, medidas importantes e efetivas para retardar a progressão da doença dos rins são:

  • Controle rigoroso da pressão arterial e terapia com inibidor da ECA ou do receptor da angiotensina.
  • Restrições de proteínas.
Em doenças crônicas dos rins o tratamento de causas fundamentais pode retardar a progressão da DRC.
Cap. 12 Tratamento da Doença Renal Crônica 57.
  • Terapia para baixar lípidos e corrigir a anemia

3 Tratamento sintomático e de apoio

  • Diuréticos para aumentar volume de urina e diminuir edema
  • Medicamentos para controlar náusea, vômitos e desconfortos gástricos
  • Suplementos de cálcio, quelantes de fósforo, forma ativa da vitamina D e outros medicamentos para evitar e corrigir doenças ósseas relacionadas à doença renal crônica
  • Corrigir baixo nivel de hemoglobina (anemia) com ferro, vitaminas e infecção especial de eritropoietina
  • Evitar incidência cardiovascular Tomar aspirina diariamente se não houver contraindicação

4 Tratamento de fatores reversíveis

Deve-se procurar e tratar fatores reversíveis que podem agravar ou exacerbar o grau de falência renal Corrigindo os fatores reversíveis a deficiência dos rins pode melhorar, e as funções dos rins podem voltar ao nivel basal de função As causas reversíveis mais comuns são:

  • Hipovolemia
  • Deficiência dos rins devido a medicamentos anti-inflamatórios não esteroides, contrastes radiiológicos e antibióticos aminoglicosídeos
  • Infecção e insuficiência cardiaca congestiva

5 Identificar e tratar complicações da doença renal crônica

As complicações de doenças renais requerem diagnóstico precoce e tratamento rápido As mais comuns e que requerem atenção

Tratamento de infecção e diminuição em vez de volume colocar liquidos de volume traz grandes benefícios no tratamento de doença renal crônica
58. Previna-se Salve Seus Rins

imediata são excesso de líquidos, nível de potássio no sangue muito alto (potássio > 60 mEq/l) e graves consequências de condição adiantada da deficiência dos rins afetando o coração, cérebro e pulmões

6 Modificações nos costumes e tratamento em geral

As seguintes medidas são necessárias para eliminar risco total:

  • Parar de fumar
  • Manter peso adequado, exercitar-e regularmente e manter o corpo ativo
  • Limitar uso de bebida alcóolica
  • Seguir dieta e reduzir o consumo de sal
  • Tomar medicamentos conforme receita médica, alterar a quantidade dos medicamentos considerando a gravidade da deficiência dos rins
  • Consultar o médico regularmente, seguir tratamento conforme instruções do nefrologista

7 Dieta

Dependendo do tipo e gravidade da insuficiência "renal", é necessário seguir uma dieta nos casos de doença renal crônica (ver capítulo 27 a seguir)

  • Sal (Sódio) : A fim de controlar pressão arterial alta e edemas, é aconselhavel restringir consumo do sal Restrição do sal inclui: não adicionar sal na refeição na mesa e evitar refeições com muito sal tais como fast food, como também evitar comidas enlatadas
Em caso de doença renal crônica a dieta retardar sua progressão e evitar complicações
Cap. 12 Tratamento da Doença Renal Crônica 59.
  • Consumo de líquidos : Diminuição do volume de urina em pacientes com doença renal crônica pode causar edemas falta de ar. Assim sendo, a restrição de líquidos é aconselhada a todos os pacientes com doença renal crônica a fim de evitar edema
  • Potássio : Nivel alto de potássio é um problema comum em pacientes com DRC. Esta condição pode resultar em sérios efeitos no funcionamento do coração Para evitar, deve-se restringir a ingestão de alimentos ricos em potássio (tais como frutas secas, água de coco, batatas, laranjas, bananas, tomates etc.) de acordo com as recomendações do médico.
  • Proteinas: Pacientes com DRC devem evitar alimentação alta em proteínas porque pode causar maiores danos aos rins

8. Preparativos de terapia para substituição dos rins

  • Proteger as veias do braço não dominante, logo que diagnosticada a DRC.
  • Não usar as veias do braço da fístula para colher sangue, fazer infusões intravenosas ou introduzir agulhas longas.
  • Instruir os pacientes e suas familias e preparar os pacientes para uma fístula arteriovenosa preferivelmente de 6 a 12 meses antes de iniciar a hemodiálise.
  • A aplicação de vacina hepatite B no período precoce da doença renal crônica reduz o risco de infecção de hepatite B durante diálise ou transplante. Dose dupla ou quatro doses (0, 1, 2 e 6 meses) de vacina de hepatite B recombinante aplicada por via intramuscular na região deltoide.
  • Instruir e planejar para submeter a diálise ou transplante do rim.
Na doença renal crônica, devem-se proteger as veias do antebraço não dominante, evitando-se usá-lo para colher sangue e fazer infusões intravenosas.
60. Previna-se Salve Seus Rins

O paciente tem que ser inteirado para considerar os benefícios do transplante do rim antecipado.

Transplante do rim antecipado significa receber transplante do rim de um doador vivo antes de iniciar diálise.

9. Consultar o nefrologista

A pessoa com doença renal crônica necessita de consulta precoce com umnefrologista. Essa consulta e o conhecimento antecipado a respeito de diálise diminuem a morbidade e a mortalidade, retardando a progressão e a fase avançada da doença, retardando- se o transplante renal.

Qual é o tratamento mais importante para retardar ou evitar a progressão da doença renal crônica?

Qualquer que seja a causa fundamental da doença renal crônica, controle rigoroso de pressão arterial é o tratamento mais é importante para prevenir ou retardar a progressão da doença renal crônica. A pressão arterial não controlada leva a uma rápida piora da DRC e a complicações, como ataque cardíaco e derrame.

Quais são medicamentos usados para controlar pressão arterial alta?

O nefrologista ou outro médico vai escolher o tratamento adequado para controlar pressão arterial. Os medicamentos mais comums são os inibidores da ECA e os bloqueadores do receptor da conversão da angiotensina II, bloqueadores dos canais de cálcio, os betabloqueadores e diuréticos.

Os inibidores da ECA e os bloqueadores do receptor da conversão da angiotensina II são recomendados como terapia da primeira

O melhor tratamento para retardar a progressão da doença renal crônica é controlar a pressão arterial.
Cap. 12 Tratamento da Doença Renal Crônica 61..

linha, reduzindo a pressão arterial e têm como benefício adicional o retardamento da progressão da doença crônica, protegendo os rins.

Qual a razão para controlar pressão arterial em casos de doença renal crônica?

A doença renal crônica pode agravar a hipertensão, o que pode contribuir para o avanço da doença renal crônica. Portanto deve-se manter a pressão abaixo de 140/80mm Hg

Qual a melhor maneira de avaliar e medir a pressão arterial?

As consultas periódicas ao médico ajudam a conhecer a condição da pressão arterial. Mas a melhor solução é ter em casa um aparelho e medir regularmente, assim conotrolando a pressão arterial. Deve-se manter um mapa da pressão, que ajuda o médico para ajustar a dosagem durante o tratamento.

Como os diuréticos podem ajudar os pacientes com doença renal crônica?

A diminuição no volume de urina nos pacientes com doença renal crônica pode causar inchacos e até falta de respiração. Os diuréticos são remédios que ajudam a aumentar o volume de urina e reduzir edemas e melhorar a respiração. É importante lembrar que, estes medicamentos aumentam o volume de urina, porém não melhoram as funções renais.

62. Previna-se Salve Seus Rins

Por que ocorre anemia em casos de doenças crônicas do rim e qual o tratamento?

Quando os rins estão funcionando normalmente eles produzem o hormônio eritropoietina, que estimula a medula óssea para produzir hemácias. Em casos de doença renal crônica, com redução das funções renais, a produção de eritropoietina também fica reduzida, o que pode resultar em anemia.

Comprimidos de ferro, vitaminas e, as vezes injeções de ferro intravenosas, são as primeiras medidas para o tratamento de anemia em casos de doença renal crônica. Anemia grave ou anemia que não reage ao tratamento de medicamentos, necessita de injeções de eritropoietina sintética, que ajudam a medula óssea a produzir hemácias carreadoras de oxigênio. Injeção de eritropoietina não tem perigo, é eficaz e o método preferido no tratamento de anemia em casos de doença renal crônica. Transfusão de sangue é a maneira mais rápida e eficaz de tratar anemia de maneira correta em casos de emergência, mas não é o metodo preferivel, devido ao risco de infecção e reação alérgica.

Por que a anemia necessita de tratamento?

As hemácias carregam o oxigênio dos pulmões para todas as partes do corpo, dando energia para atividades diárias e mantendo o coração saúdavel. Anemia (hemoglobina baixa) em doenças crônicas dos rins resulta em fraqueza, fadiga, pouca capacidade para se exercitar, falta de ar ao fazer esforço, pulso rápido, falta de concentração, intolerância ao frio, dor do tórax, portanto requerendo tratamento precoce.

wikipedia
Indian Society of Nephrology
nkf
kidneyindia
magyar nephrological tarsasag